quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

É no batuque, é no tam-tam


Olá pessoal!

Pois é, já entramos no ritmo do carnaval. Se bem que nesse nosso país maravilhoso temos a sensação que carnaval é o ano inteiro. São 365 dias de muita esculhambação, bagunça, mulher pelada e zueira. Mas nesses dias que se aproximam, parece que tudo fica ainda mais louco e a vontade de encher a cara e sair beijando qualquer um na boca (ignorando que a tuberculose tá em alta de novo) vira uma necessidade orgânica. Mas isso não é pra todos. Assim como tem gente que não curte Luan Santana, crise renal e horário político tem gente que não curte carnaval. Se você é uma dessas pessoas que não suporta um batuque, que quer dormir às 22:00hs na terça-feira de folia mas mora ao lado da concentração do bloco das piranhudas, não se desespere! Este blog vai te dar dicas pra ter o que fazer enquanto todos pulam como loucos, engolem confete e acordam ao lado de um travesti chamado Pâmela Stardust!

Dicas da Tabby-chan para um carnaval em casa:

Mangá para ler antes de dormir: ZEKKYOU GAKKYUU 


Todo mundo sabe que eu chego tarde nas coisas, estou totalmente por fora das novidades e que mangá shonen não está entre minhas leituras. Sendo assim, vou sugerir o mangá Zekkyou Gakkyuu de Emi Ishikawa. Esse mangá já foi citado aqui no blog, mas vamos refrescar a memória, pois assim como você, não estou com paciência de buscar o post antigo. Neste mangá que sai na Ribon, Emi (é muita intimidade com as autoras de shoujo mangá) nos trás histórias de terror fechadas e ambientadas na escola. A fantasma perneta Yomi apresenta cada uma delas, a maioria com desfechos terríveis, com aquela aluna invejosa se ferrando bonito. Você, leitor descrente, deve achar que por ser um mangá da Ribon a coisa é levinha. Engana-se, meu querido. A coisa é feia e as meninas não são poupadas por seus deslizes, mesmo os menores. Em uma das histórias, a garota se destrai com a tv enquanto trocava a água do aquário e deixa o peixinho morrer. Desesperada, joga o infeliz no lixo, na maior cara de pau. Resultado: vai aos poucos se transformando em peixe! (Cara, eu deixei cair amaciante de roupa no meu aquário e matei os meus peixes! Imagina a agonia que senti ao ler essa história? Foi um acidente! Socorroooo, mãe!!). Terror japonês é sempre um barato, usando as coisas mais absurdas pra meter medo... e conseguem! Ah, que saudade de ver filmes de terror asiáticos e não conseguir pregar o olho a noite...    

Filme pra chorar a alma pra fora: WARRIOR

 "Sério que nêgo ainda quer motivo pra ver Warrior?"
Sim, você que tem coração de pedra-pomes vai ter um nó na garganta. Warrior é um filme que fala sobre uma família destruída, de irmãos separados pela vida e da busca de um pai por perdão. Tem MMA também (com cenas de luta muito bem feitas, diga-se), mas isso não é o mais importante aqui. Esse filme tem grandes atuações (Nick Nolte está indicado ao Oscar de coadjuvante por esse filme, baby) e muita emoção mesmo. É muito difícil não se conectar com os personagens aqui. Se isso não despertou sua atenção, assista então para ver o tamanho que o Tom Hardy está nesse filme e lembre-se que ele estará ainda maior de Bane. Aproveita que saiu em vídeo (não foi pro cinema, porque tinham coisas melhores para exibir, como Agamenon e Happy Feet 2) e você não precisa ver o filme na ilegalidade como foi o meu caso.

Filme pra você enfim ter o #1 na sua lista de pior filme da sua vida: A FOR ANDROMEDA

 "Até nessa tranqueira eu peguei a mulher do filme, sou foda mesmo!" "Se é, gato!"

Sempre fazemos listas de filmes, músicas, bandas, mangás e o cassete que mais gostamos e que mais detestamos. Toda vez que você faz essa lista é complicado preencher o primeiro lugar entre os piores, são tantas opções: Lanterna Verde, Van Helsing, Transformers (todos), O mundo de Leeland, todos do Freddie Prinze Jr, Alexandre, Minha Ex-Super Namorada... Mediante a isso, esse blog resolveu ajudar e oferecer o filme que em qualquer lugar, época, estado líquido ou gasoso é medalha de ouro na categoria tranqueira: A for Andromeda. Nem Pink Flamingos me preparou para algo assim. Enquanto buscava imagem pra decorar o post, percebi que esse troço tem uma versão antiga, provavelmente originária de um livro. Como não joguei no (Charles)Wikipédia, e não tenho o menor interesse em fazê-lo, vamos nos pegar na versão com o Tom Hardy e a atriz que faz a noiva do Watson no novo Sherlock Holmes (e a preguiça de catar o nome da bunita no IMDB?). Na trama, John Fleming (Tom Hardy, que consegue ficar divo mesmo nas situações mais constrangedoras) constrói um super-computador (mal-feitaço no filme, diga-se) graças às dicas de uns alienígenas lá de Andrômeda (na hora eu os imaginei a cara do Shun!). Claro que dá merda, geral começa a morrer e você tem a experiência de assistir a produção mais pobre, cretina e tosca já feita pelo homem. Ah, mas é filme de TV! Cara, não interessa! É o pior filme de tv do mundo! Não estou aqui pedindo uma produção da HBO, mas pelo menos algo que não seja tão péssimo! Se você achava que O Minotauro foi onde o Tom Hardy desceu mais baixo, fique sabendo que perto de A for Andromeda, a saga de Minoty é Crônica de Nárnia (pra você ver como O Minotauro é horrível também)!

Filme para o qual nada na sua vida te preparou: DON (2006) 

 Don e seu figurino de gravata com a estampa da camisa. Fashion Police, oi?

Você, leitor amigo, sabe da minha vibe indiana, né? Pois então, Don é um filme indiano de ação. Antes que cai na gargalhada, deixe-me dizer que a ação do filme não é ruim, não! Se você procura ver um filme e ter uma experiência bizarra, Don é seu filme pra fugir do carnaval. No filme, Don (interpretado pelo nosso amado-idolatrado Shahrukh Khan, carinhosamente chamado de King Khan) é mau, pega um pega geral e vive sendo perseguido pelo policial De Silva (sim, eu conferi no IMDB, pois achei que geral tinha mandado ver no botão foda-se e quem nooonca e colocado Silva pra sacanear). Mas como o próprio personagem principal diz: “Pegar o Don não é difícil, é impossível!”. Bandido que se preze tem que ter frase de impacto, né? Mas assim como aconteceu com Nem, a casa caiu para o nosso Don quando este sofre um acidente e fica hospitalizado. Na maior cara de pau, o Silva coloca um sósia no lugar do maligno indiano para assim detonar com a sua gangue. Só que ele vai buscar um sujeito chamado Vijay que cantava num festival de Ganesh! A coisa se complica quando Don e o Silva acabam morrendo. Esse filme mistura ação, tiro, explosão, luta (sim, Vijay, sabe Deus como, enfia o pau geral no filme) e ainda tem o Don, no caso o Vijay, sensualizando com as bichtes enquanto canta o tema do filme na boate. Isso mesmo, o filme tem música! Os números não são muitos, mas estão ali. Isso já é parte da cultura indiana mesmo, (só o Chak De! India que não tinha musical entre todos que vi até hoje) não tem jeito. Quando o filme acabou eu confesso que não conseguia fechar a boca tamanho o meu choque! O final me surpreendeu muito e fui como uma louca atrás da continuação, Don 2, lançada em 2011, que começou ótimo, com muita ação, mas as legendas sumiram no meio do filme e ainda não achei alguma que funcionasse. Achar legendas para Don 2 não é difícil, é impossível! (by Don himself)

Série de TV: FULL HOUSE

 Rain e Hye-Kyo Song nasceram um pro outro!

No duro que você achou que eu ia indicar Game of Thrones, Walking Dead, Caras e Caretas, Primo Cruzado? Amigo, isso aqui não é e nunca será um blog sério e digno! Vamos é indicar um drama coreano que até hoje faz o coração pular, rolar e sorrir feliz: Full House!! Pra quem não conhece, esse é o drama mais famoso do nosso Rain (saudades, querido). Impossível não amar! As músicas, as situações, a comédia e o romance, tudo na medida certa pra agradar quem não tem um pedaço de granito no lugar do coração. Na história, a bagunceira e aspirante à escritora Han Ji-Eun cai num golpe e tem sua casa vendida para o astro de cinema Lee Yeong-Jae. Ela acaba se enfiando na casa de qualquer jeito e no meio de tanta confusão, sobe ao altar com o novo proprietário do imóvel. Apesar da presença adorável do Rain e de seu figurino absolutamente único, esse kdrama pertence à fofíssima Hye-Kyo Song e sua impagável personagem. Ela é talentosa, hilária, linda e faz um casal de sonho com o Rain! A única, além de mim, que pode casar com o Rain quando ele sair do exército! XD Alôka!! Devaneios à parte, quem curte romance e quer flutuar numa nuvem cor de rosa nesse carnaval, baixe Full House! É puro amor!

Eu ia sugerir mais coisas, como música e programas de tv, mas o post já está longo demais (e como eu sei que geral vai tomar activia+johnny walker para as minhas sugestões...). Queria registrar que todas as dicas são de coração e NÃO serão seguidas por mim. Não só porque já vi os filmes e tudo mais, mas porque eu curto um sambão! XD Não saio em bloco e nem tive o prazer de desfilar numa escola de samba, mas acompanho pela televisão. Sim, eu adoro ver desfile de escola de samba! XD Mesmo que digam que o carnaval no Rio está vendido, que é tudo marketing, ainda são as mesmas pessoas das comunidades que fazem os carros, as fantasias e compõe a alegria do desfile. Sim, meu coração acelera quando a bateria começa a tocar. Assisto, curto e acompanho a apuração todos os anos. Não acho que sou mais ou menos brasileira por causa disso, apenas adoro ver os carros, as fantasias e rir dos repórteres da Globo repetindo 3 vezes a mesmo pergunta em meio ao barulho ensurdecedor de tantos corações batendo juntos!  

Bom carnaval pra todos e nos vemos no próximo post sobre os palpites para o Oscar! XD

Se você não sabe sensualizar no carnaval....

Nem bater aquele cabelo...

Muito menos dançar no ritmo...

Fica triste não, aqui ninguém sabe também....
           

6 comentários:

juliana loyola disse...

quem é esse rapaz sem camisa dançando?? hahahahah
Ele é ator indiano?!
Puxa engraçado...!!!

Tabby Kink disse...

Oi Ju! Ele é ator indiano sim! É o Shahruhk Khan! Esses gifs não fazem justiça a essa cena. Ela é muito, muito engraçada! XD

Buruna-chan disse...

Decidi!!!

Vou baixar Full House, to pra baixar esse Dorama faz um tempo, depois deste post estou decida.

Obrigada ^^

Tabby Kink disse...

Oh Buruna-chan! Que bom que pelo menos você seguirá alguma das minhas dicas! Obrigada, querida!
Espero que goste do kdrama, eu amei! *__*

Tati Lima disse...

ohhhh...tadinho do Tom,depois de pagar tantos micos em filmes ruins,Papai do Céu deve ter dito...ele já purgou e pagou por todos os seus pecados...kkk...deixa ele fazer algo q preste e virar "estrelo"...kkkkkkk...

Tabby Kink disse...

Com certeza Tati! Depois de tanto filme ruim, chegou a hora do nosso muso ser recompensado! Ele merece! Mas não é ótimo quando alguém com o talento dele conquista as coisas com esforço? GO TOM, GO!!