segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Fazendo um mangá parte 2



Oi pessoal!

Então, depois do interessantíssimo post anterior, vamos falar dos materiais que uso para desenhar? Geralmente quem está começando gosta desse tipo de informação. Mas na verdade, o material ajuda, mas não faz o artista. Isso todo mundo sabe, né? Não é sua condição financeira que vai definir o artista que você é. Mas o seu esforço e talento. E para aqueles que moram em cidades pequenas, onde é mais difícil conseguir as coisas, não fiquem tristes. Eu também moro numa cidadezinha pequena, onde não encontro os melhores materiais. Mas isso não me impede de desenhar. E não deve impedir ninguém.


 O blog não morreu (ainda) pessoal!! TODOS COMEMORA!!

Que papel você usa, tia?

Eu uso o A4 comum mesmo, o sulfite, o chamequinho! XD Costumo desenhar separado e depois colocar tudo nos seus respectivos quadros nas páginas. No momento estou usando um papel de gramatura um pouco mais pesadinha, já que o sulfite comum não absorve lá muito bem a tinta na hora de arte-finalizar. Mas para uma ilustração, uso ele mesmo. Esse papel de gramatura mais pesada é liso, claro, canson nem pensar, e foi comprado na papelaria Casa Cruz, no Rio de Janeiro. Era um blocão com precinho em conta, do jeito que a Tabby aqui gosta! XD

 Não uso esse papel, mas achei a capa um barato! Olha o tênis do rolinho de papel...

Você arte-finaliza com pena?

Sim, eu tenho muita pena de mim mesma quando arte-finalizo, pois não gosto de fazer isso! XD Não, eu uso caneta nanquim mesmo, dessas descartáveis. Já tentei usar bico de pena, mas acho que me faltou mesmo habilidade e paciência. XD Muita gente está arte-finalizando digitalmente e acho isso o máximo! Quero começar a treinar, mas acho que vai me faltar habilidade e paciência também.... XD

Canetinha Sakura é a minha favorita, mas uso o que tiver... XD

E o lápis? 

Eu passei a desenhar com grafite azul já tem algum tempo. Pra quem arte-finaliza no papel como eu, não tem coisa melhor. Depois é só apagar no photoshop. Não precisa ficar apagando e machucando o papel (já que o meu é o comum, meio vagabundo se comparado aos extrangeiros). Pra quem quiser começar a desenhar em azul, depois de arte-finalizar, basta escanear e ir em Image> Adjustments > Hue/Saturation e colocar a opção Cyan e Blues no máximo de Lightning. Pronto. O azul se foi como mágica! XD

Coisas que você não pode deixar de ter:

Um programa pra edição de imagens: eu vou confessar que não uso o Manga Studio. Eu o acho muito cheio de nove horas, coisa que um Photoshop resolve facilmente. E todos sabem que sou fã do Photoshop, seja em qual versão for. Por isso, se tivesse que recomendar um programa, seria o Photoshop. Ele é fácil de usar (se eu consigo, qualquer um consegue), é possível usar retículas nele (tiradas da internet, do próprio Manga Studio ou escaneadas mesmo) e também usar o recurso de brushes (na Deviant Art tem brushes que não acaba mais) para efeitos de todo o tipo (acho que o Manga Studio tem isso também, mas não uso, não sei). Por isso recomendo o Photoshop sempre.

 Photoshop serve pra isso também, né? XD

Referências: a diferença entre um artista profissional que desenha um copo e um amador que desenha a mesma coisa, é que o profissional vai usar uma referência e o amador vai desenhar de cabeça. Mesmo que o amador desenhe bem, o copo do profissional ficará melhor. Pois está baseado na realidade. Por isso recomendo que você tenha muitas referências na hora de desenhar. Desde a roupa, até os cenários. Mesmo que sua história seja num mundo mágico, faça o castelo do vilão baseado em algum castelo gótico real. Vai por mim, vai ficar bem melhor.

Acho que é isso... agora é fazer o storyboard (que em japonês tem outro nome que não lembro, mas é a mesma coisa) e começar a desenhar as páginas. No próximo post, vamos falar justamente disso. O storyboard! A parte que é fundamental para qualquer mangá!

Até lá!  

Mangás, 2 blogs, estudar... ando me sentindo assim ultimamente...

2 comentários:

Takamura disse...

Verdade, material ajuda ma não faz o artista. Acho graça do povo morrendo de preocupação com o material, quando não sabe nem o básico. Só agora estou treinando novos materiais, mas sempre passei com uma recarregável nakin, grafite e sulfite... E fiz muitos fanzines com esses materiais.

Comecei a usar o grafite azul a pouco tempo. Paixão a primeira rabiscada. Não quero nada mais. Quando desenho com grafite preto fico achando tudo sujo agora^^ Nossa, é maravilhoso o grafite azul. É um pouco mais caro por aqui, mas vale muito a pena!

Hahaha, ri muito com o Urso no final. Estou bem assim também!^^

Kissus!
Takamura do blog: Tatsu Estúdio

Rafi disse...

Huahuahuahauhaha! Sério, o texto foi muito bom! Morri de rir com a parte da "pena"... Vc é demais, maninha!