segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Um Blog sobre o nada...


Finalmente atualizando isso aqui.

Como é difícil manter um blog quando a sua vida é pouco interessante. Eu me considero uma pessoa discreta, não coloco nada sobre mim ou os meus em redes sociais (as quais pouco uso, sendo a total incapacidade de fazê-lo uma das principais razões). Mas o fato de minha realidade ser bem pouco movimentada, torna-se impossível manter um blog pessoal ativo.

Em virtude disso, pensei em atualizá-lo com notícias que despertem meu interesse. Seriam sempre dentro dos mesmos temas: filmes, mangás, séries de tv (geralmente asiáticas) e música pop. Colocaria uma ou outra coisa sobre a obsessão do momento. Sempre tenho alguma que martela a minha mente por semanas, meses e quando se torna anos, deixa de ser obsessão e digievoluiu para algo indefinido. Será que sou eu a única a alimentar uma obsessão por algo ou alguém (vivo ou morto, real ou feito com acetato)?

Lembro de ser assim desde a infância, quando me apegava a algum desenho animado e aquilo se tornava boa parte de minha vida por sabe-se lá quanto tempo. Um deles foi o desenho Alladin, da Disney. Como eu amava aquilo! Sabia as músicas de cor, comprava tudo que era bugiganga com a marca, chorava por não ter a fita (na época, ainda se vendia e usava videocassete, amiguinhos), em outras palavras, era uma fã modelo que os executivos esperam que sejamos. Eu era. E com orgulho.

Ainda nas obsessões animadas, a maior delas, sem sombra de dúvida foi o Shiryu de Cavaleiros do Zodíaco. Foi amor a primeira vista. Como resistir aos cabelos longos e negros do jovem (sim, muito jovem, 13 anos como contavam as revistinhas da época, as quais comprava todas) cavaleiro chinês? Nosso amor (?) era lindo, era intenso e muito verdadeiro. Não me importava que um clima rolava entre ele e a Shun Rei (sabe-se lá como escreve o nome da infeliz), pelo contrário, torcia pela felicidade do meu amado! Até uma trama diabólica se formou aqui em casa para nos separar, arquitetada por minha própria mãe (era o única forma de castigo que ela sabia que teria efeito sobre mim)! Lágrimas e soluços aos montes! Não é uma história de amor como dessas à venda na banca? No estilo Bianca? Mas infelizmente o final não foi arrebatador nem trágico. Nossa separação se deu como os romances da vida. O desgaste, uma das partes amadurece (essa seria eu, já que ele continuou o mesmo nas sagas seguintes) e deseja algo novo (no caso uma nova obsessão ou simplesmente outros animês que começaram a passar na tv também). O rompimento foi invetável, mas a lembrança permanece doce no coração.

Minhas obsessões humanas são mais voláteis, confesso. Uns não duram nem uma semana completa e outros se tornam especiais e eu me transformo numa fã normal e o (são sempre rapazes, pessoal) acompanho de perto, mas sem perder a pouca noção que me resta. Minha obsessão da semana é o novo "it boy" de hollywood. Mas um "it boy" de talento, por que pra ser vítima (existe palavra melhor?) da obsessão de um fã, esse alguém precisa ter algo a ser admiradado. Eu me deixo levar por muitos fatores, mas acredite: o último é a beleza física. Eu não nego que acho o Rain (quem não conhece, procure o filme Ninja Assassino na locadora ou no torrent, como queira) muito bonito, mas a música dele me atraiu primeiro. Assim como o vampiro mais festejado do momento (quem pensou no Edward de Robert Pattinson vá até um cantinho e chore, chore muito), o Eric de True Blood não me causa nada, além de bocejos. Mas como esse assunto se estendeu até o True Blood, que eu nem acompanho?

É melhor eu me despedir. Vou tentar escrever um post com algum assunto, antes que isso vire um blog sobre o nada, mas sem a mullets do Seinfeld, por favor.

4 comentários:

L. disse...

Olha, eh dificil sim manter um blog. As vezes eh a falta de tempo, as vezes de assunto interessante (pois todos os sites ja divulgaram tal noticia), as vezes por falta de animo... O lance eh nao fazer disso uma obrigacao, e sim por diversao. Mesmo q n tenha nada p postar, parta p zuacao. Sempre eh bom usar o blog pra debochar.e zuar com algo. Aaaaaah como eh bom!!! Continue postando sim :)

Tabby Kink disse...

Obrigada por comentar, L! Vou usar o espaço pra escrever as besteiras que me são tão peculiares! XD
O seu blog é ótimo, sempre passo por lá! ^__~

Rafi disse...

Ahaa! Começou aqui a invasão Hardy no blog da Tabby... =P

Tabby Kink disse...

Assim você me quebra... mas agora já não é segredo mesmo...